Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

61 511 artigos · 204 018 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Portal comunitário

Mídia

Chat

Contribuir

Artigo em destaque
Capa do DVD lançado no Brasil.

Fairy Tail ("Rabo de Fada") é um mangá com adaptação para anime totalmente clichê, em que um garoto com poderes especiais e seus amigos, cada um com um tipo de poder, salvam o mundo várias vezes de diversos vilões do mal. O "diferencial" de Fairy Tail é justamente tentar condensar TODOS os clichês de todos os mangás de luta existentes, conseguindo misturar na mesma "obra" magos, dragões, heróis absurdamente fodas, waifus peitudas, hentai girls das boas, muitos casais pra shippar, bichos colecionáveis... Enfim, todas essas figuras reunidas numa série excessivamente estúpida e repetitiva.

Sempre que começa um arco de batalha, você já sabe o que esperar. Natsu, Erza, Gray e Lucy vão lutar contra os vilões principais do grupo inimigo, apanhar mais que o Seiya de Pégaso, ficar na beira da morte com todas as suas energias esgotadas, até tirar alguma super força do cu e vencer o dito cujo numa reviravolta extremamente cagada e clichê, geralmente usando algum bordão incessantemente repetido como frase de efeito antes da vitória (geralmente algo como Cquote1.svg Nós somos os magos da Fairy Tail Cquote2.svg).

O vilão supremo, que geralmente ficará por último, será derrotado ou por Natsu sozinho, ou por Natsu em parceria com um dos outros três personagens principais. Seguindo a mesma regra dos inimigos comuns: O vilão enche de porrada a cara de Natsu, o deixa na beira da morte, até que Natsu invoca o poder da amizade e elimina o vilão com o único socão, tática que usou até o último arco onde derrotou Zeref dessa forma.

E se o inimigo for um personagem "maneiro", após ser derrotado, ele mudará de personalidade completamente e ficará todo amiguinho a partir de então, com todos à sua volta ignorando completamente suas maldades do passado, tipo o Gajeel, a Ultear, a Minerva, etc.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter



Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre:

Idioma