Desnotícias:Leôncio é acusado de espalhar nova variante do coronavírus no Chipre, desconfia que é trollagem do Pica-Pau e não percebe que o fim dos tempos se aproxima

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

CHIPRE, decidindo se é na Europa ou na Ásia


Depois de Africa do Sul, Índia, Nigéria e até a Suécia "criarem" variantes do SARS-CoV-2, uma nova variante surgiu no último lugar imaginável para acontecer uma merda de nível planetário depois de Botswana e Vanuatu: o Chipre. A mídia local disse que o vírus foi detectado em 25 cidadãos locais e espalhado por um turista sueco: ninguém menos que o Leôncio do Pica-Pau, que estava em uma viagem de férias de seu chalé no meio do nada.

Não dá pra condenar o Leôncio por ele achar que está sendo feito trollado pelo Pica Pau...

O cientista que fez a descoberta, coincidentemente, se chama Leondios Kostrikis, que não é uma ostra antropomórfica, como o Marisco Arisco, mas uma pessoa real, chefe do Laboratório de Biotecnologia e Virologia Molecular (ou LaBio Mole, segundo a NASA) da Universidade do Chipre, onde também é professor de ciências biológicas, já que é analfabeto demais para dar aula de gramática, pois Kostrikis batizou a variante de Deltacron, já que ela é uma fusão das variantes Delta, que fez o favor de tirar o Brasil do epicentro da pandemia de COVID-19 e popularizar as letras gregas como nomes de variantes (ou o vírus seria chamado de "variante cipriota" e ninguém o levaria a sério), com a Omicron, que tem fechado os bares (mas não as igrejas) tudo de novo e vindo com um "pacote suíno" de gripe e dengue. Acontece que o povo do Chipre fala grego e "Deltacron" é um puta nome horroroso que só sairia da boca de alguém que não conhece esse alfabeto.

Ao saber da falsa acusação de estupro ter piorado (ou começado) a pandemia por lá, Leôncio desconfiou de ser mais uma traquinagem serelepe de seu ex-filho adotivo ilegal, ex-inquilino barulhento e atual vizinho parasita, o Pica-Pau, berrou seu nome e ameaçou djogar londje qualquer um que o impedisse de ir atrás dele e fazê-lo deixar esso pra lá. Leôncio acabou preso, mas fugiu após tocar tuba pra fazer os policiais dormirem, se refugiando na embaixada da Rússia, onde estava seu amigo de longa data, o embaixador Ivan Awfulitch.

Mas e o vírus?Editar

 
Cepa "Deltacron" misturando o real e o virtual: note que apenas as proteínas spike não vieram da Matrix.

Quanto ao vírus, pouco se sabe sobre sua origem, mas muito se especula: existe a hipótese sexual, em que dois funcionários de um hospital, infectados com COVID-19 sem saberem, deram uma rapidinha (ao maior estilo Grey's Anatomy) e houve um cruzamento entre as cepas, nos dois sentidos, e existe a hipótese metamoru, em que os funcionários fizeram a dança da fusão, ao invés de transarem. Contudo, a hipótese mais plausível é a de um servidor do xHamster foi infectado por ambas as linhagens, que se fundiram aos incontáveis supostos vírus de computador do site, criando um vírus ciborgue mutante metade real, metade virtual. Testes foram feitos em macacos, alguns morreram e viraram sopa de macaco para chimpanzés, que também foram testados, mas ao invés de morrer, adquiriram inteligência suficiente para saber que Não Olhem para Cima é superestimado e tentaram fazer um churrasco (grego) da carne dos macacos que ainda não tinham morrido.

Kostrikis acha que ainda é muito cedo para dizer se a nova variante vai dar uma de madeireiro e matar índio adoidada, como fez a Gama em Manaus, vai passear em Nova York, como fez a Iota, vai fazer memes existenciais no Paint, como fez a Kappa kappa kappa kappa, ou vai cancelar algum jogo das eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2022, como fez a Mu, mas jura juradinho que o vírus vai flopar por causa do poder contagiante da Omicron, que é responsável por 95% dos casos de COVID-19 do Reino Unido, detectados em retardados que não foram tomar vacina e saíram sem máscara pra ir no bar beber cerveja quente. Por causa disso, é pouco provável que a nova cepa cause uma catástrofe em Israel com a mesma proporção do Sumiço do Moedinha.

Por conta desse somatório maldito, cogita-se rebatizar a "Deltacron" para linhagem Sigma: o nome escroto de analfabeto ganha um nome de letra de verdade, matemáticos iriam achar engraçado usar o símbolo de somatório para uma soma de cepas de vírus, e pularia-se as letras pi e ro, evitando que seu tio engraçadão fizesse piadas com "pinto" e "rola", afinal, se pularam as letras ni e csi porque as grafias em inglês (nu e xi) poderiam ofender pessoas que mandam nudes e o presidente da China na vez da Omicron, dá pra pular de novo. A fanbase de Megaman está alarmada com a chance de um Sigma Vírus real e está torcendo para que batizem com outra letra (exceto ômega, por motivos óbvios), pois se a pandemia de Sigma Vírus do Megaman X5 acontecer na vida real, o fim dos tempos será decretado, mais precisamente quando os chimpanzés CONSEGUIREM fazer o churras de mamaco, dando o primeiro passo para criarem um Planeta dos Macacos.

Ver tambémEditar

  • [Versão em vídeo Em Breve Hoje]

FontesEditar